Porto de Rio Grande redobra fiscalização para evitar casos de ebola

06/08/2014

Navios que vêm da área contaminada devem apresentar o estado de saúde da tripulação

Karoline Avilat
karoline.avila@rdgaucha.com.br

O Porto de Rio Grande, que recebe por ano cerca de 3 mil navios de diversas nacionalidades, está intensificando a fiscalização das embarcações procedentes de países africanos atingidos pelo vírus ebola.

De acordo com a Superintendência do Porto, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou que todos os navios que vêm da área contaminada pelo vírus apresentem o estado de saúde da tripulação antes de chegar ao Porto de Rio Grande.

Caso seja constatado algum doente, um médico da agência é chamado para examinar o paciente. A Secretaria de Município da Saúde fica responsável pelas ações preventivas.

Todas as embarcações que chegam ao porto apresentam um documento, conforme exigências do Regulamento Sanitário Internacional (RSI), que contêm informações sobre o navio, a viagem e a saúde da tripulação. Com a proliferação do vírus ebola na África, o documento deve chegar a Rio Grande antes da embarcação.

FONTE: http://gaucha.clicrbs.com.br/rs/noticia-aberta/porto-de-rio-grande-redobra-fiscalizacao-para-evitar-casos-de-ebola-111613.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s