Chegam os primeiros animais da Expointer

Mais de 4,9 mil exemplares, representando 35 raças, estão inscritos para participar da nova edição da exposição
MARCO QUINTANA/JC Até as 19h de ontem, 124 ovinos foram recebidos no local do evento
Até as 19h de ontem, 124 ovinos foram recebidos no local do evento

Os primeiros animais que participarão da 37ª Expointer chegaram ontem ao Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio. A abertura dos portões ocorreu às 7h e contou com a presença do secretário da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, Claudio Fioreze, além de representantes das entidades do setor.

Até as 19h de ontem, entraram no parque 307 animais, sendo 155 equinos, 124 ovinos e 28 bovinos. No total, 4.932 animais, entre bovinos, ovinos, equinos, suínos, aves, caprinos, representando 35 raças, estão inscritos nesta edição da Expointer.

Fioreze ressaltou que 130 servidores do Departamento de Defesa Agropecuária, entre agrônomos, zootecnistas e veterinários, estão à disposição dos expositores. O secretário destacou ainda os investimentos de R$ 12,3 milhões que viabilizam melhorias como drenagem das pistas, cercamento, reformas, ampliação da área de camping e novos lavatórios. Ações que, segundo Fioreze, fazem parte do projeto de modernização de toda infraestrutura do parque.

Claudio Fioreze também inaugurou o novo lavatório de animais, localizado em frente ao pavilhão do gado de corte, junto à pista central. No total, foram investidos R$ 219 mil. A solenidade encerrou com a entrega simbólica das credenciais para as entidades promotoras da feira.

Entre as novidades desta edição da Expointer, que deve consolidar os números do ano passado, R$ 3,2 bilhões em prospecção de negócios, estão os terminais de autoatendimento para quem preferir adquirir ingressos por meio de cartão de débito, bandeiras Visa e Mastercard. Serão sete terminais, sendo um localizado no edifício sede da Secretaria da Agricultura em Porto Alegre. Em parceria com a Companhia de Processamento de Dados do Estado (Procergs), também será disponibilizada uma rede wireless e totalmente gratuita aos visitantes do Parque.

A 37ª Expointer ocorre entre os dias 30 de agosto e 7 de setembro. A realização do fórum sobre logística e infraestrutura para exportação de grãos e a formalização da Aliança Láctea Sul Brasileira, que reúne Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, são alguns dos destaques da programação da feira, além de assinatura de convênios, entrega de equipamentos para municípios e a apresentação dos novos projetos de modernização.

Parque de Exposições Assis Brasil terá acesso secundário pela BR-448

Visitantes que prestigiarem a 37ª Expointer vão poder usar a BR-448, também conhecida como Rodovia do Parque, para chegar ao evento. A liberação deste acesso secundário construído na Avenida Cezar Antônio Bettanin deve ocorrer na próxima quinta-feira, dia 28.

“Nós estamos comprometidos com a melhoria do fluxo de veículos. A ligação da rodovia permitirá o acesso de veículos a um dos estacionamentos do Parque, o que desafogará a BR 116”, frisou Adeli Sell, subsecretário do Parque Estadual de Exposições Assis Brasil.

A abertura dos portões da Expointer para a visitação do público será no próximo sábado, dia 30, às 9h. Os valores para o acesso são de R$ 12,00 para o ingresso normal e R$ 5,00 para crianças e idosos. O estacionamento será de R$ 30,00 com isenção de ingresso para o motorista. O evento segue até 7 de setembro.

Estado terá força-tarefa para ampliar orientações sobre cadastro ambiental

O governo do Estado publicará, nos próximos dias, decreto que criará uma força-tarefa para garantir mais celeridade no processo de orientação aos proprietários rurais do Rio Grande do Sul que, como em todo o País, estão obrigados a fazer seus registros no Cadastro Ambiental Rural (CAR). Uma das medidas de resultado imediato alocará, por tempo determinado, na Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), 12 engenheiros agrônomos da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio.

Dessa forma, a Sema reforça o trabalho que vem realizando desde o ano passado para facilitar o cadastramento e, em seguida, a análise dos dados incluídos pelos proprietários. Essa segunda etapa somente será possível a partir da disponibilização pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) do módulo necessário para esse trabalho no Sistema Nacional de Cadastro Ambiental Rural (SiCAR) – o que deve ocorrer ao longo de outubro.

Demanda aquecida segue sustentando preço da soja no mercado nacional

A demanda pela soja em grão e pelo farelo continua sustentando os preços da oleaginosa no mercado nacional. Nos portos, os negócios em Paranaguá (PR) seguem pontuais, com ligeiros aquecimentos em períodos em que compradores precisam completar cargas de navios – a China segue como o principal destino do grão brasileiro.

De acordo com pesquisadores do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), as negociações para entrega da soja, nos próximos seis a oito meses, continuam registrando valores menores que os atuais. Em relação aos preços, o Indicador da soja Paranaguá Esalq/BM&FBovespa, que é baseado em negócios realizados, teve média a R$ 67,42 a saca de 60 quilos na sexta-feira, dia 22, uma elevação de 0,4% em relação à sexta anterior.

Para o farelo de soja, a demanda está firme, o que tem elevado os preços. Já quanto ao óleo de soja, a baixa qualidade do grão faz com que o derivado passe várias vezes pelo processo de drenagem para ficar adequado para a área alimentícia, o que reduz as vendas e pressiona as cotações.

Feira terá leilão virtual pela primeira vez

A 37ª Expointer traz uma novidade na área dos leilões. Acontece no dia 5 de setembro, sexta-feira, a partir das 14h, um leilão virtual, o remate Lance Rural. A expectativa é de que o número de animais cadastrados supere o montante de duas mil unidades – gado de cria, recria e engorda.

Todos os lotes a serem leiloados são filmados e inspecionados por técnicos credenciados. As informações sobre os animais como categoria, cruzamentos, idade, peso, regime alimentar, infestação por carrapatos, entre outras, estarão à disposição dos interessados antecipadamente, facilitando o processo para os possíveis compradores. “Outro importante diferencial é que o animal não precisa ser transportado até o recinto. O gado só sai da fazenda do vendedor para ser entregue ao comprador”, informa Adeli Sell, subsecretário do Parque Estadual de Exposições Assis Brasil.

O Leilão será transmitido ao vivo pelo Canal Rural e pelo site C2Rural (www.c2rural.com.br). Uma das novidades desta edição é a parceria da Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB), entidade que se destaca pela exigência nos padrões de qualidade de seus reprodutores e matrizes. Para conferir os lotes já cadastrados e ficar por dentro da qualidade dos animais ofertados, deve ser acessado o site www.lancerural.com.br

FONTE: http://jcrs.uol.com.br/site/noticia.php?codn=171041

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s