Aeroportuários marcam greve para quinta-feira

Funcionários da Infraero dizem que privatização vai provocar demissões

Adriana Caitano
Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos: greve dos aeroportuários marcada para quinta-feira pode provocar transtornos aos passageirosAeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos: greve dos aeroportuários marcada para quinta-feira pode provocar transtornos aos passageiros (Nelson Antoine / Fotoarena)

Depois de começar a semana com diversos voos cancelados por causa das cinzas do vulcão Puyehue e das chuvas no Rio de Janeiro, os brasileiros devem se preparar para enfrentar mais transtornos nos aeroportos.  Os aeroportuários – funcionários da Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária (Infraero) – decidiram promover uma greve de 48 horas que começa à meia-noite desta quinta-feira.

A categoria tenta para convencer o governo federal de desistir de privatizar os aeroportos brasileiros. Representantes da categoria temem que a medida provoque demissões. Ao todo, mais de 3.000 funcionários que trabalham nos aeroportos de Brasília (DF), Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo e Campinas (SP) devem cruzar os braços. A decisão foi tomada em assembleias realizadas na sexta e nesta segunda. Ao final do protesto, eles se reunirão novamente para decidir se prorrogam a greve. 

Privatização – O governo tenta realizar os leilões dos aeroportos de Brasília, Guarulhos e Campinas até dezembro ou no início de 2012. O Tribunal de Contas da União (TCU) recebeu os editais finais de concessão do governo na semana passada.

O grupo privado que tiver interesse em administrar o Aeroporto de Guarulhos terá de oferecer um lance mínimo de 2,29 bilhões de reais. Para o de Viracopos, em Campinas, o menor valor para participar da licitação é de 521 milhões de reais. Já o Aeroporto de Brasília terá lance mínimo de 75 milhões de reais.

Viracopos terá o maior volume de investimentos dentre os três aeroportos: de 9,9 bilhões de reais. Guarulhos receberá aportes de 5,2 bilhões de reais e Brasília, de 2,7 bilhões de reais. O TCU tem 30 dias para analisar o material, mas o prazo pode ser prorrogado caso a documentação entregue pelo Executivo esteja incompleta.

FONTE: http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/aeroportuarios-marcam-greve-para-quinta-feira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: