Jovens de mais de 50 países disputam competição de habilidades técnicas em Londres

Delegação brasileira é composta por 28 pessoas, sendo cinco gaúchos

 

Marina Goulart, de Londres  |  marina.goulart@zerohora.com.br* As principais habilidades técnicas usadas na indústria e serviços motivam uma competição que traz quase mil jovens de mais de 50 países a Londres. A cerimônia de abertura do Worldskills 2011 ofereceu uma amostra da animação e rivalidade que envolvem a disputa dos melhores estudantes e aprendizes em cada uma das 46 categorias que compõem o maior torneio de educação profissional do mundo.

Crianças e adolescentes britânicos foram convidados a apresentar, por meio de música e dança os países que compõem o Reino Unido – Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte e País de Gales – anfitrião do evento que acontece a cada dois anos em um país diferente. Em seguida, foram apresentadas as delegações dos países participantes, incentivadas por torcidas que carregavam bandeiras, apitos, chapeus e cornetas.

A delegação brasileira é composta por 28 jovens. Eles passaram por seletivas locais e nacionais e têm recebido treinamento de atleta para ir bem na competição que têm provas até sábado. As profissões testadas são as mais variadas: confeitaria, design, instalação e manutenção de redes, soldagem, robótica, entre outras. Serão três dias de provas. Os competidores já receberam algumas informações e conheceram o local onde será realizado o torneio a partir desta quarta-feira.

O Rio Grande do Sul tem cinco representantes. Christian Alessi e Maicon Pasin trabalham em dupla pelo reconhecimento de melhores do mundo na área de mecânica de refrigeração. Jéssica do Amaral e Renata Machado compõem outra dupla, desta vez como técnicas em enfermagem. Daniela de Mello compete na categoria cabeleireiro.

O torneio não é apenas uma oportunidade para os jovens se destacarem no mundo profissional. Dezenas de representantes de empresas participam como “olheiros”: além de bons profissionais, eles também procuram técnicas novas para aplicar em suas empresas.

Na cerimônia de abertura, o vice-primeiro ministro do Reino Unido, Nick Clegg, destacou que é preciso retomar as habilidades profissionais perdidas como uma resposta aos problemas econômicos que atingem o continente europeu.

* Marina Goulart viajou a convite da Confederação Nacional da Indústria

FONTE: http://www.clicrbs.com.br/especial/rs/zhdinheiro/19,0,3513767,Jovens-de-mais-de-50-paises-disputam-competicao-de-habilidades-tecnicas-em-Londres.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: