Fraude na obtenção de seguro-desemprego pode superar R$2 milhões

Da redação

Foto: Divulgação/Polícia Federal
 

 

Novo Hamburgo

  – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira a Operação Arbeit no Vale do Sinos. Foram cumpridos mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão para desarticular uma quadrilha responsável por fraudes que superam R$2 milhões de reais de prejuízo à União. 

 

A investigação da Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários identificou até o momento cinco empresas criadas com o único propósito de fraudar o Fundo de Amparo ao Trabalhador – FAT através da obtenção irregular de seguro-desemprego. Essas indústrias calçadistas, com maioria em Novo Hamburgo, recrutavam pessoas de baixa renda de Sapiranga, Taquara, Nova Hartz e Novo Hamburgo. Os salários da fraude variavam entre R$1.019 e R$5 mil. 

As empresas fictícias ofereciam a pessoas desempregadas a assinatura formal da Carteira de Trabalho sem a real contratação. Após permanecerem empregadas pelo período mínimo de seis meses para terem direito ao Seguro-Desemprego, eram demitidas e passavam a ter o direito ao benefício social. Pelo acordo, a “empresa” ficava com 50% dos valores recebidos.

Até o momento, foram confirmadas 670 concessões fraudadas, com prejuízo confirmado de R$ 1.836.756,30 do FAT, sem contar as fraudes do ano de 2011 e as prováveis fraudes de natureza previdenciária ou concretizadas a partir de empresas ainda não identificadas.

A quadrilha contava com o apoio de uma empresa de assessoria em contabilidade. Os acusados serão enquadrados por estelionato, formação de quadrilha e falsificação de documento público.

FONTE: http://www.jornalnh.com.br/policia/343117/fraude-na-obtencao-de-seguro-desemprego-pode-superar-r-2-milhoes.html

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: