Te quiero ! A campanha “pôneis malditos” e sua relação com o comércio exterior brasileiro

ARTIGO

Em apenas uma semana, a campanha “Pôneis Malditos” realizada pela agência Lew´Lara\TBWA para montadora Japonesa Nissan alcançou na última sexta, dia 05/08,  a margem de 5,7 milhões de acessos , contando apenas seu vídeo no Youtube.  Permaneceu no topo dos trending topics do Twitter durante dois dias inteiros no Brasil. No ranking global, o termo “pôneis malditos” também emplacou rapidamente. Tal sucesso, ainda não se sabe ao certo se trará vantagens comerciais, no mesmo nível que balançou as redes sociais no Brasil, mas foi o assunto da semana. Além da incrível disseminação na rede social, criou virais  que fizeram a festa dos internautas, com um jingle que não sai da cabeça. Ou seja, gostando ou não, já fez parte de um dos recentes sucessos da Internet no Brasil.

Despertou também a atenção do Conar ( Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária), que alega a campanha como maldosa e imprópria ao público infantil, que está sendo atraído pelos ditos bichinhos (personagens infantis), e o contexto de estarem sendo chamados de “pôneis malditos” pode ser prejudicial às crianças.   Cerca de 30 denúncias chegaram ao CONAR ontem e e serão julgados.

Mas como profissional, o que me chama atenção na propaganda é um trecho muito  específico, que na minha compreensão tem total sentido com o comércio exterior do Brasil . Logicamente, por ser uma empresa Japonesa, a Nissan já é globalizada e isso trata-se de um fato pontual, que já não é novidade. Mas  é possível perceber que bem ao final da propaganda do NISSAN FRONTIER, o tal pônei lilás, com seu olhar angelical , sorri  e diz ao seu “dono” : “te quiero!” .  Essa é a minha discussão: qual é o contexto que esta frase demonstra para as relações internacionais do Brasil ?

 

Esse “te quiero”, com certeza, faz relação à concorrência , mais especificamente frente à grande quantidade de carros produzidos na Argentina e são exportados  para o Brasil . Inclusive este tema já foi abordado como um dos entraves na relação comercial com o país vizinho, como represália às barreiras impostas pela ministra do comércio exterior da Argentina aos produtos brasileiros. Mas é verdade, um número muito grande de veículos made in Argentina chegam ao país todos os dias, de várias montadoras que estabeleceram unidades fabris nos hermanos. Como exemplo, temos o TOYOTA HILUX  2012 , modelo que está previsto para começar a ser fabricado na Argentina a partir de outubro. Outra demonstração é o FORD RANGER, cuja montadora, em junho de 2011,  fez um investimento de mais de US$ 200 milhões na nova família Ranger, com  foco de produção na  fábrica de General Pacheco, na província de Buenos Aires, de onde veículos serão exportados para todo o mercado da América Latina, sendo que o principal alvo é o Brasil, que recebe 80% dos modelos produzidos pela Ford Argentina. Tudo isso, em contra-partida à Nissan Frontier, cuja planta fabril é brasileira.

Ou seja, o comercial dos ditos “Pôneis Malditos” , além de trazer um pouco de brasilidade (qualidade da produção brasileira), também apresenta a relação com os negócios internacionais, que está muito explícita na propaganda. Não sei se a intenção da publicidade foi exatamente essa, mas com certeza, pode ser percebida desta forma. Cabe ao consumidor brasileiro saber aproveitar as vantagens,  mas , ao mesmo tempo,  contar e esperar por uma adequada política cambial no país, para que consigamos manter uma competitividade internacional como um todo. Tudo tem relação com o comércio exterior, tudo…

Abraço,

André Viana

Os números da propaganda, estão incríveis até agora, segundo a revista VEJA, confira os números:

Orkut
499 comunidades criadas. A maior delas conta com mais de 64.000 membros.
Mais de mil tópicos citam os pôneis malditos.

Twitter
Mais de 178.000 menções desde sexta-feira (29)
Oito perfis criados no Twitter. O maior deles conta com mais de 12.154 seguidores.
Ao total, 34.000 usuários seguem os perfis dos pôneis malditos.

Blogs
Mais de 640 posts, além de dezenas de notícias em portais de comunicação.

Fóruns
Mais de 80 posts

Facebook
14 grupos foram criados. O maior deles conta com mais de 1.800 membros.
7 páginas foram criadas.
25 perfis foram criados com o nome Pôneis Malditos
9 eventos foram criados. O maior deles conta com mais de 10.050 convidados.
140.042 views do vídeo partiram do Facebook.

YouTube
1.010 vídeos, entre remixes e reproduções da campanha, foram postados.
O vídeo oficial conta com 6.313.664 views e 17.206 comentários.
O vídeo foi favoritado mais de 7.000 vezes.

Tumblr
Mais de 81 posts referentes à campanha. O mais popular conta com mais de 33.600 notas (reblogs).

Audiência potencial (Twitter e Facebook)
99.691.148 pessoas devem ser impactadas pela campanha

CONFIRA O VÍDEO… só não vale ficar cantando…

Um comentário em “Te quiero ! A campanha “pôneis malditos” e sua relação com o comércio exterior brasileiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: