Cinzas de vulcão islandês fecham aeroportos na Escócia e Noruega

 
Vulcão Grimsvotn entrou em erupção no último dia 21. As autoridades europeias temem uma crise semelhante à do ano passado, quando 100 mil voos foram cancelados em toda a Europa por causa de outra erupção vulcânica
Redação ÉPOCA, com Agência Brasil

As cinzas expelidas pelo vulcão islandês Grimsvotn causaram o fechamento, nesta terça-feira (24), de aeroportos da Escócia e da Noruega. Dezenas de voos foram cancelados em consequência da erupção do vulcão, no último dia 21. Empresas como a British Airways, Easyjet e KLM decidiram suspender suas atividades na Escócia e alguns voos transatlânticos foram adiados.

Na Escócia, a maioria dos aeroportos deve ficar fechada, mas as autoridades não acreditam que as cinzas possam chegar à Inglaterra – devem ficar limitadas ao oeste escocês. Já na Noruega, a operadora aeroportuária Avinor anunciou restrições ao tráfego aéreo na Costa Oeste do país como precaução pela chegada das cinzas do Grimsvotn ao país.

A agência europeia de controle aéreo, Eurocontrol, montou um grupo de gerenciamento de crise em antecipação ao possível alastramento das cinzas. As decisões sobre o cancelamento de voos ou fechamento de espaço aéreo são normalmente tomadas com uma antecedência inferior a 24 horas.

A erupção do vulcão, que trouxe o temor de que se repita a crise do ano passado, quando outro vulcão também islandês, o Eyjafjallajokull, entrou em erupção, causou a queda de ações de empresas ligadas ao setor aéreo. No ano passado, o Eyjafjallajokull causou o cancelamento de 100 mil voos na Europa por quase um mês, em um prejuízo estimado em US$ 1,7 bilhão (cerca de R$ 2,75 bilhões).

Especialistas afirmam, porém, que o Grimsvotn não deve causar tantos problemas: além de a erupção atual ter menor escala, suas cinzas têm partículas maiores e, por isso, caem mais rapidamente no chão. Estudos e análises feitos durante a crise do ano passado levaram as autoridades europeias a elevar a concentração limite das cinzas para a permissão de voo em 20 vezes, reduzindo a possibilidade de restrições.

Segundo a Eurocontrol, a previsão é que a nuvem de cinzas se espalhe pelo Norte da Escandinávia e da Rússia, nos próximos dois dias. O serviço meteorológico escocês previu que a nuvem de fumaça vulcânica chegaria na noite de segunda ao país e na manhã desta terça à Irlanda do Norte.

LH

Fonte: http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI235653-15227,00-CINZAS+DE+VULCAO+ISLANDES+FECHAM+AEROPORTOS+NA+ESCOCIA+E+NORUEGA.html

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: