Agência Fitch Ratings eleva a classificação de risco do Brasil

  • Acredito que a notícia abaixo, realmente é positiva para o Brasil, mas sabendo do momento em que já temos uma grande quantidade de moeda estrangeira na economia, o risco de aumentar estes números é muito maior…. ainda mais com cotação do dólar, do dia 01/04 por exemplo, a 1,6186…
—–
04/04/2011
 
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, ficou feliz com a notícia, mas também levantou uma preocupação: quanto maior essa classificação, mais dólares entram no país, e o governo está em um momento em que tenta controlar esse movimento
Redação ÉPOCA, com agências

 

A agência de classificação de risco Fitch Ratings divulgou nesta segunda-feira (4) a nova nota das classificações de risco de crédito (ratings) de Probabilidade de Inadimplência do Emissor (IDR, em inglês) do Brasil em moeda estrangeira de BBB- para BBB. Isso significa uma elevação da nota brasileira e torna o país mais atrativo aos investimentos estrangeiros. Agora, o Brasil encontra-se no segundo nível da classificação de grau de investimento da Fitch.

A elevação reflete a avaliação feita pela agência de que a taxa de crescimento sustentável potencial da economia brasileira aumentou para entre 4% e 5%, sustentando a perspectiva fiscal de médio prazo e o contínuo fortalecimento de sua posição de liquidez externa, o que aumenta a capacidade de absorção de choques pelo País. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou hoje que a notícia é boa, mas ele próprio tem suas ressalvas. Segundo Mantega, o resultado abre as portas para a entrada de cada vez mais dólares na economia, o que pode causar instabilidade.

“É melhor ter esse problema de excesso de dólares do que o problema que tínhamos no passado de falta de dólares”, disse. O ministro não descartou novas medidas para conter o excesso de dólares destinados pelos investidores estrangeiros ao Brasil, devido à solidez econômica do país e às taxas de juros.

“Esse upgrade [elevação de nível] da Fitch para o Risco Brasil, de BBB- para BBB, é o reconhecimento de que a economia brasileira está mais sólida, não apresenta riscos e está sendo bem avaliada, inclusive pelas empresas de rating”, afirmou.

Quanto mais elevado é o grau de investimento de um país, mais confiável ele se torna no cenário internacional e mais seguro ele é considerado para o investidor estrangeiro. Para Mantega, quanto mais sólida a economia brasileira, mais o país tende a atrair investimentos externos e, consequentemente, mais ele cresce.

LH

Fonte: http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI223434-15259,00-AGENCIA+FITCH+RATINGS+ELEVA+A+CLASSIFICACAO+DE+RISCO+DO+BRASIL.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: